Notícias
recent

Ford Modelo T - 100 Anos Depois





Como fazer um carro 10 vezes mais rápido que os concorrentes da época ?

Como fazer o preço de um carro despencar de US$ 825 para US$ 260 ?

Como fazer com que o carro deixasse de ser um privilégio para muito poucos para ser um bem acessível para muitos, conquista de mobilidade e liberdade ?

Esta foi a saga do Henry Ford e o seu modelo "T".

Foi o resultado de 20 anos pesquisas e testes até o início da produção do Ford T em 1908.

E o Ford T mudou o mundo.

Era um carro potente para a época (20 HP), veloz (máxima de 45mph / 70Km/h) e econômico (25 milhas por galão de combustível).

E já utilizava aço aditivado por Vanádio, reduzindo o peso e aumentando a durabilidade.

Em Outubro de 1913, a produção em massa se iniciou na fábrica de Highland Park em Michigan.

Com o profundo treinamento do pessoal e desenvolvimento do processo de fabricação, a velocidade da linha de montagem passou de 12 horas e 8 minutos para a incrível marca de uma hora (UMA HORA) e 33 minutos.

Em 1914, Ford produziu 308.162, mais que todos os outros fabricantes combinados produziram.

O volume de produção era tão vertiginoso, que foram retiradas as opções de cores do veículo (vermelho, cinza, azul e verde).

E passou a ser disponível "qualquer cor que você queira, desde que seja preto".

Pouca modificações foram feitas no modelo T depois do início de produção:

Luzes elétricas em 1915, a carcaça do radiador do motor passou de bronze para aço pintado de preto (lógico) em 1916, motor elétrico de partida opcional para carros "fechados" em 1919

Como o modelo T passou a perder competitividade, após mais de 15 milhões de unidades fabricadas, a produção foi interrompida em Maio de 1927.

Era o fim de uma era.

Em Outubro do mesmo ano, a Ford, cinco meses depois, começou a produção do modelo A.


Lobo Ucrânia

Lobo Ucrânia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário sobre este artigo!

Tecnologia do Blogger.