Notícias
recent

Toyota GT 86: um desportivo à moda antiga

Tração traseira e motor boxer que adora rotações elevadas são recursos perfeitos em carro com vocação desportiva. É assim o GT86, um coupé que marca o regresso da Toyota à emoção de conduzir e que promete muita ação, haja muitas curvas para desfrutar. Estivemos no Autódromo Internacional do Algarve para sentir «o pulso» ao novo bólide nipónico.

O GT 86, que no Japão é comercializado simplesmente como «86», é um desportivo compacto de tração traseira desenvolvido em parceria com a Subaru. Está equipado com um motor atmosférico de 2.0 litros com arquitetura «boxer» de cilindros horizontais opostos. A potência é de 200cv, o binário de 205 Nm entre as 6400 e as 6600 rpm e a caixa é manual de seis velocidades (opcionalmente existe uma excelente caixa de seis velocidades automática com comando manual sequencial com patilhas no volante). O peso é outro «segredo» do GT-86, que acusa na balança apenas 1220 kg!

O GT-86 é um carro puro, onde a Toyota trabalhou o chassis e rejeitou ajudar o comportamento com sistemas de ajuda à condução sofisticados e até nos pneus os engenheiros da Toyota deixaram nas mãos dos clientes a melhoria. Está equipado com pneus semelhantes aos do híbrido Prius e não borrachas super-evoluídas para melhorar o comportamento.

A verdade é que a ideia da Toyota parece música para os adeptos da condução. Um ato de coragem que parecia impensável, ainda para mais numa altura em que a marca japonesa está mais direcionada para os modelos ecológicos, em particular os híbridos. Até porque o GT86 não é um compacto derivado de uma berlina, como o Opel Astra GTC ou o Volkswagen Scirocco, mas um automóvel construído e pensado de raiz como desportivo!

Lobo Ucrânia

Lobo Ucrânia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário sobre este artigo!

Tecnologia do Blogger.